terça-feira, 6 de setembro de 2011

É pau, é pedra, é o fim do caminho
É um resto de toco, é um pouco sozinho. 

Tom Jobim - Águas de Março (8)

Nenhum comentário:

Postar um comentário